Capa da revista semanal que adota posições cada vez mais extremistas aponta “apagão na diplomacia” e “falência moral da política externa de Dilma”; com seu radicalismo, revista da família Civita sai em defesa do carniceiro Benjamin Netanyahu, que foi responsável pela morte de mais de 800 pessoas nos últimos vinte dias e capaz de bombardear até um hospital e uma escola das Nações Unidas, despertando uma onda global de indignação; nem mesmo nos Estados Unidos, o apoio a um criminoso de guerra é feito com tanto desassombro; em sua reportagem Veja concorda com o porta-voz Yigal Palmor e aponta o que seriam supostos sinais de “nanismo” do Brasil; entre eles, até um elogio de Barack Obama a Lula

247 – Responsável pelo primeiro voto, em 1947, pela criação de Israel, o Brasil sempre foi um aliado da causa judaica. No entanto, a política externa do Itamaraty também sempre foi pautada pela defesa dos direitos humanos. Foi exatamente neste contexto que o chanceler Luiz Alberto Figueiredo divulgou uma nota em que condenava “energicamente” a ação desproporcional de Israel no conflito da Palestina, que, em menos de vinte dias, matou mais de 800 pessoas.

Neste período, o governo do chanceler Benjamin Netanyahu assassinou mulheres, crianças e foi capaz até de bombardear um hospital e uma escola da Organização das Nações Unidas, levando o secretário Ban-Ki-Moon a se dizer “estarrecido”. De acordo com as Nações Unidas, Netanyahu deve ser investigado por “crimes de guerra” e até mesmo o maior aliado de Israel, o governo dos Estados Unidos, tem se mostrado desconfortável com o banho de sangue. Ontem, o secretário de Estado, John Kerry, pediu uma trégua que impedisse a continuidade da matança.

No entanto, Netanyahu tem, a seu lado, a família Civita, que edita a revista Veja, cuja capa desta semana se dedica a a apontar o que seria o “apagão na diplomacia” e a “falência moral da política externa do governo Dilma”. Internamente, a revista aponta o que seriam sinais de “nanismo” do Itamaraty. Um desses, curiosamente, seria até a declaração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, numa reunião do G-20, quando chamou o ex-presidente Lula de “o cara”. Ou seja: na lógica de Veja, um elogio de Obama no G-20, organismo que deve muito ao Brasil, diminuiria o País.

Com a capa desta semana, Veja se coloca à extrema direita e se isola até de mesmo seus leitores. Responsável pela formulação da política externa do candidato Aécio Neves (PSDB-MG), o embaixador Rubens Barbosa concordou com a posição adotada pelo Itamaraty. Neste sábado, a jornalista Mônica Bergamo também informa que o presidente da Confederação Israelita Brasileira, Claudio Lottenberg, se disse indignado com a grosseria do porta-voz Yigal Palmor, que chamou o Brasil de “anão diplomático”. Em editorial, o jornal Estado de S. Paulo condenou o que chamou de “baixaria israelense”.

Veja, assim, se isola, assim como o carniceiro Benjamin Netanyahu. Os dois, na verdade, se merecem.

Confira a coluna Estado Maior, do jornal O Estado do Maranhão, edição deste sábado, 26. O Blog do Robert Lobato destaca as notas “Coisa velha”, “Alto astral” e  “Paeque I”, “Parque II” e “Mal-estar”.

Sociedade com voz

O candidato da coligação “Pra frente, Maranhão” ao Governo do Estado, senador Lobão Filho (PMDB), garantiu à população de Tutoia e de Araioses, por onde passou quinta-feira, que trabalhará efetivamente com a participação popular e com os segmentos da sociedade organizada. No seu discurso, ele explicou que construiu o seu plano de governo ouvindo representantes de vários setores da sociedade e lembrou que nas suas atividades na seara parlamentar sempre procurou atender aos pleitos formulados por grupos que representam a população. E destacou especialmente os prefeitos, que no seu entendimento são os melhores interlocutores da sociedade civil. – Os gestores municipais terão voz ativa para apresentar e defender seus pleitos. Nosso papel é realizar e ajudar a realizar ações concretas que proporcionem grandes avanços para o Maranhão – disse. Lobão Filho aproveitou sua passagem por Cachoeira Grande na tarde de ontem, para assegurar à população a conclusão da obra de uma ponte – que ligará o município a Presidente Juscelino -, caso eleito. A obra ilustrou o escândalo da Operação Navalha, em 2007, quando a Polícia Federal desmontou esquema de fraudes de licitações com a participação da construtora Gautama, caso que levou o ex-governador José Reinaldo Tavares à prisão. – Eu vou desenterrar essa caveira de burro que Zé Reinaldo enterrou ali – disse à população.

Virtual

A campanha dos principais candidatos a governador tem sido implacável nas redes sociais, sobretudo no WhatsApp, que permite a criação de grupos com até 50 participantes. Nestas redes são distribuídos jingles e vídeos exclusivos para este tipo de mídia. E geram debates intensos, e por vezes agressivos, entre aliados das duas campanhas.

Fechado

O deputado Arnaldo Melo (PMDB), candidato a vice-governador na chapa de Lobão Filho, tem uma missão própria em algumas regiões do estado. Ele está articulando, sobretudo com os prefeitos da região do Sertão Maranhense, sua principal base eleitoral. Arnaldo Melo quer consolidar o apoio a Lobão Filho em todos os municípios que compõem a região.

Coisa velha

O comunista Flávio Dino tem repetido praticamente todos os seus jingles de campanha. As músicas parecem as mesmas já usadas nas campanhas de 2008 e 2010, com os mesmos chavões e frases de efeito. E o uso delas torna ainda mais cansativo a campanha do candidato do PCdoB.

Silêncio

O candidato a governador pelo PPL Zeluís Lago começou com uma campanha intensa logo nos primeiros dias da propaganda. Mas parece ter recuado, já que desapareceu da mídia, não encaminhou mais informações à imprensa e se isolou. Curiosamente, o recuo de Lago aconteceu exatamente após ele denunciar que vinha sendo assediado por outro candidato.

Alto-astral

O deputado federal Gastão Vieira (PMDB) manifesta cada vez mais entusiasmo com a sua candidatura a senador pela coligação “Pra Frente, Maranhão”. Principalmente quando ouve manifestações a seu respeito como a que fez José Tomaz, de 95 anos, ontem, em Icatu. – Esse eu conheço, e não é de hoje. Ele merece todo o nosso apoio – disse o ancião, que prometeu votar em Gastão e Lobão Filho.

Ataque

Os professores de São Luís em greve jogaram pesado ontem com 20 vereadores. Durante uma passeata na Beira-Mar, ontem, no final da tarde, os grevistas exibiram uma grande faixa de plástico em que mostram os parlamentares junto com a denúncia “eles votaram contra a educação”. Onze vereadores ficaram de fora da acusação.

Prisão

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça confirmou ontem decisão de 1º grau que condenou o ex-presidente da Câmara de São José de Ribamar, ex-vereador Hipólito de Jesus Lindoso, a quatro anos de prisão. Mas decidiu que a pena só será cumprida nos fins de semana. Ele foi acusado pelo Ministério Público Estadual de uma série de irregularidades na aplicação dos recursos do Legislativo ribamarense.

Parque I

Com o objetivo de atrair novas indústrias para o estado, será lançado, no dia 30, o Parque Empresarial de Timon. O lançamento será em uma reunião, às 9h30, com empresários da região. Durante o evento, o secretário do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, apresentará os detalhes do projeto.

Pesque II

O parque empresarial de Timon, onde serão investidos R$ 12 milhões, será implantado em área de 99 hectares, dividida em 94 lotes, às margens da BR-316 e próximo à ferrovia Transnordestina. Os parques empresariais são um novo conceito de infraestrutura industrial, adotado desde 2013 pela Sedinc. Os lotes são destinados a atender à demanda não só de indústrias, mas também de comércio e serviços.

Mal-estar

O “comitê” de petistas desgarrados montado na Beira-Mar está causando mal-estar com outros partidos. Os tucanos, por exemplo, não estão gostando nem um pouco da postura do comunista Flávio Dino de querer se passar por parceiro da presidente Dilma Rousseff. O mesmo mal-estar está sendo manifestado discretamente pelos membros do PSB.

E MAIS

O desembargador Jamil Gedeon, que está no plantão do 2º grau desde o dia 21 de julho – permanece como plantonista até o dia 3 de agosto (domingo).

Os deputados Roberto Costa (PMDB), Carlos Filho (PRTB) e Eduardo Braide (PMN), candidatos à reeleição, participaram ontem da Caravana do 15 na região do Munim.

Já Fábio Gondim (PT) e João Marcelo (PMDB), ambos candidatos a deputado federal, também participaram da maratona do senador Lobão Filho.

Por iniciativa do corregedor eleitoral, desembargador Guerreiro Júnior, a Justiça Eleitoral está preparando um grande teste para o sistema de votação.

De Gastão Vieira, em Icatu: “Essa é nossa força, que vem da união e do compromisso”.

Veja a agenda dos candidatos ao governo do MA neste sábado, 26 Campanha está na terceira semana.Campanha está na terceira semana.

Flávio Dino

8h30: Caminhada em Chapadinha

10h: Lançamento das candidaturas de Levi Pontes e Nonato Baleco, em Chapadinha

14h: Carreata em Dom Pedro, Tuntum, Presidente Dutra e São Domingo

17h: Ato político de lançamento da candidatura a deputado federal

Lobão Filho

9h: Presidente Vargas (caminhada)

10h30: Vargem Grande (carreata)

15h: Itapecuru Mirim (não informou evento)

17h: Coelho Neto (participa de procissão)

As assessorias dos candidatos Pedrosa, Prof. Josivaldo, Saulo Arcangeli e Zeluis Lago não informaram suas respectivas agendas de atividades.

Fonte: G1 Maranhão

O número de mortos da agressão israelense contra a Faixa de Gaza aumentou nesta sexta-feira para 825 e mais de 5.345 feridos segundo informações dos serviços médicos do enclave costeiro.

Em recentes ataques, quatro palestinos de uma mesma família foram mortos em um bombardeio de aviões israelenses na aldeia de Al-Shabure, na cidade de Rafah.

Se trata de Abu Salah Hasnein um alto membro do movimento da Jihad Islâmica Palestina junto com três de seus filhos.

Também outras quatro pessoas perderam a vida devido às incursões do regime israelense contra as cidades de Khan Yunis (sul) e Deir al-Balah.

(Da redação do Irã News com informações da Hispan TV)

A seguir, as duas últimas produções da K’Bolos, especializada em bolos decorados, cupcakes e bombons.

Imagem 1: Bolo “Caixa de Joia”.

B

Imagem 2: Bolo “Bolsa”.

k'bolos2

 

Entre em contato com a K’Bolos e faça da sua vida, e da vida de quem você admira, um “doce de vida”

Contatos: (98) 88272843/84084510 (Whatsapp) e 32485979. Falar com Karla

NO MARANHÃO O advogado Antonio Pedrosa, que luta por meio da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA para que a APAC tenha apoio do Governo do Estado. Foto: Divulgação

O programa Na Moral, comandado pelo apresentador Pedro Bial e exibido pela TV Globo, deu destaque em sua última edição, nessa quinta-feira (24), ao modelo APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) como um das saídas para o caótico e inseguro sistema penitenciário do país.

Abordando as violentas rebeliões de apenados no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, o Na Moral mostrou que no sistema penitenciário comum 70% dos presidiários voltam a cometer algum crime quando soltos, enquanto na APAC essa taxa é de 15%, quase quatro vezes menor.

NO MARANHÃO O advogado Antonio Pedrosa, que luta por meio da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA para que a APAC tenha apoio do Governo do Estado. Foto: Divulgação

Outro fato que torna este modelo mais eficiente que o utilizado atualmente é que, na APAC, os apenados custam para a sociedade um terço do que os do sistema comum, conhecido por prisões superlotadas, caras e não que cumprem a função de reabilitá-los.

O programa Na Moral mostrou ainda a experiência de uma unidade em Minas Gerais onde funciona a APAC. Lá, os presos são tratados com rigor, mas com dignidade, como prevê a lei. Os apenados cumprem atividades de trabalho, estudo e reinserção das 6h às 22h.

No Maranhão, a APAC tem um princípio em Pedreiras, fundado pelo juiz Douglas de Melo Martins, e em Coroatá. O modelo é defendido há anos pelas entidades de direitos humanos e pelo advogado Antonio Pedrosa, candidato ao governo estadual pelo PSOL, mas passa por dificuldades por falta de apoio da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Embora nunca tenha participado de qualquer envolvimento pelas melhorias do sistema prisional do Maranhão – nem mesmo quando deputado federal, quando poderia por meio de emenda parlamentar -, o candidato ao governo estadual pelo PCdoB, Flávio Dino, chegou a emitir release à imprensa, tentando ganhar créditos por algo que nunca defendeu e nem mesmo trabalhou.

Fonte: Atual7

A Assessoria de Comunicação do Detran-MA informa que várias pessoas de forma irresponsável estão divulgando listas nas mais diversas redes sociais com supostos locais da Operação Lei Seca, inclusive com ofícios falsos, no sentido de descreditar a operação e espalhar o pânico na sociedade.

A operação que como divulgado no lançamento na última quarta-feira (23/07) de fato se inicia hoje (25/07) na capital de forma mais intensa em parceria do Detran-MA com a PMMA, Policia Civil, Secretaria de Estado de Estado de Segurança, Icrim e Corpo de Bombeiros.

O Detran esclarece ainda que:

1. A Operação Lei Seca tem o objetivo principal de salvar vidas tirando das ruas e punindo na forma da lei condutores que ainda insistem em beber e dirigir;

2. A Operação já é um pedido antigo da sociedade maranhense e ludovicense que nos finais de semana é vitima de condutores negligentes que estes sim são alvo da operação;

3. O Detran-MA já iniciou um processo administrativo e um procedimento investigativo junto a Policia Civil para descobrir os responsáveis pela divulgação de supostos locais, inclusive falsificando correspondência oficial do órgão.

4. As operações são móveis, podendo se deslocar para diversos pontos numa mesma noite, ou seja, as pessoas não precisam ficar espalhando ou compartilhando locais, pois as blitzen acontecerão em horários e locais aleatórios.

5.A Operação Lei Seca consiste num esforço de todas as forças de segurança do Governo do Estado no objetivo de diminuir os índices de acidentes fatais em decorrência da ingestão de bebida alcoólica.

6. As operações ficarão a cargo da Polícia Militar, por meio da Companhia de Polícia Militar Rodoviária Independente do Estado do Maranhão-CPRVInd que realizará as abordagens de fiscalização de licenciamento 2014 e lei seca, os Bombeiros que estão verificando os itens de segurança como extintores de incêndio dos veículos, os peritos do ICRIM ficarão responsáveis pela verificação dos documentos dos veículos (CRLV e CRV) e dos condutores (CNH). Já a Policia Civil fará toda a ocorrência policial no local inclusive com delegado na blitz que acontecerá nos finais de semana nos mais diversos pontos da capital e região metropolitana. Todo o trabalho de consulta ao sistema, preenchimento de auto de infrações e educação para o trânsito ficará a cargo do Detran-MA.

7. A fiscalização do uso indevido do álcool no trânsito é uma obrigação do Estado e representa a preocupação do governo com o bem estar das famílias maranhenses.